Saúde de Epitácio inicia inquérito canino para diagnosticar Leishmaniose

0
3

A Prefeitura da Estância Turística de Presidente Epitácio, através da Secretaria de Saúde realizou na vila Palmira, uma ação denominada Inquérito Canino – diagnóstico de Leishmaniose Visceral.

Esta atividade, através da coleta de sangue de cães, foi realizada na praça Domingos Marinho, localizada ao lado do ESF (Estratégia Saúde da Família) na vila Palmira. A coleta foi realizada na quinta-feira (11), e segue nesta sexta-feira (12).

De acordo com o secretário de saúde do município, Miquéias Alves, a realização da coleta foi necessária porque o bairro apresentou positividade para leishmaniose visceral humana.

Segundo ele quando há a positividade para doença, a equipe da Covepe (Controle de Vetores), faz a borrifação interna em todas as casas próxima a pessoa contaminada, logo após realiza o cadastramento de todos os animais domésticos do bairro. Em seguida, o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) realiza a coleta do sangue.

“Caso algum animal apresentar a positividade para a doença, o dono é notificado e possui duas opções, ou realiza o tratamento do animal com o medicamento Milteforan, ou solicita a eutanásia para o serviço de zoonoses municipal, ambos com termo de responsabilidade assinados pelo proprietário do animal”, explicou o secretário.

Lembrando que a Leishmaniose é uma doença parasitária transmitida através da picada do mosquito palha. A presença do vetor permite a transmissão de um cão infectado para outro cão ou para o ser humano, por isso, para evitar a proliferação do mosquito, é preciso que as pessoas mantenham seus quintais livres de sujeiras e materiais orgânicos.

A coleta segue nesta sexta-feira (12) será das 8 às 10 horas e 30, e no período da tarde das 13 às 16 horas. O objetivo da ação é coletar sangue de pelo menos 100 animais.

As pessoas que não puderem levar seus cães para a coleta nos horários programados, devem procurar o Centro de Testagem, localizado à rua Neuza Correia de Assis, nº 22-80, na vila Esperança, de segunda a sexta-feira, das 7 horas e 30 às 10 horas e 30.

Prevenção

Cuidar e limpar o ambiente interno e externo das residências para evitar a presença do mosquito, manter o animal em seu quintal, recolher fezes dos animais diariamente, embalar o lixo corretamente e não jogar ou deixar folhas e resíduos orgânicos nos terrenos. Ao contrário do Aedes aegypti, transmissor da dengue, que se reproduz em água limpa ou suja, o mosquito palha se reproduz em ambientes úmidos, bem como em matéria orgânica podre e fezes de animais – galinha e cão.

Sintomas no Animal

Os sintomas nos animais são emagrecimento, fraqueza, queda de pelos, descamação, crescimento exagerado das unhas, feridas no focinho, orelha e patas.

Sintomas no Humano

Os principais sintomas da leishmaniose em humanos são febre intermitente (febre que vai e vem) com semanas de duração, fraqueza, perda de apetite, emagrecimento, anemia, palidez, aumento do baço e do fígado, comprometimento da medula óssea, problemas respiratórios, diarreia, sangramentos na boca e nos intestinos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here